Alemanha

alemanha

Apresentação do País

A Alemanha apresenta-se hoje como a economia mais atrativa em termos mundiais. Depois da sua reunificação em 1990, tornou-se cada vez mais forte e coesa, com políticas fortes que visavam maioritariamente o crescimento sócio-económico do país. Hoje em dia, o país goza de um elevado padrão de condições de vida, distanciando-se de muitos outros países da UE, tornando-se assim um país bastante interessante no que diz respeito ao investimento pessoal ou empresarial.

Pilar de toda a economia mundial, o país encontra-se na 4.ª posição relativamente às maiores economias do mundo, pertencendo aos mais importantes grupos mundiais, NATO, G8, G20, OCDE e OMC.Ocupa hoje a segunda posição no ranking de países exportadores mas também importadores, verifica-se assim que o país é tão forte na sua economia, como na necessidade de alicerces à mesma.

É considerada como país líder em termos científicos e tecnológicos, apostando no rigor, qualidade e sofisticação, estando sempre à vanguard nos produtos que comercializa, destacam-se claramente os produtos pertencentes à indústria automóvel, maquinaria, metalomecânica e produtos químicos.

Salienta-se ainda que a maior parte do tecido empresarial alemão é constituído por indústrias, mas também pela oferta de serviços, encontrando-se em défice, empresas do primeiro setor. Têm vindo a perder quota de mercado nos últimos anos, empresas do setor agrícola, têxtil e o siderúrgico. Na verdade, o terceiro setor é o que apresenta um maior número de pessoas, cerca de 28 milhões de pessoas no ano de 2009.

É errado pensar-se que é apenas em Frankfurt que a economia alemã se desenvolve, na verdade todas cidades são bastante importantes para os valores que o país apresenta. Estas são bastante desenvolvidas em todos os níveis, existindo uma mancha empresarial em todo o território alemão, ou seja, não existe apenas um pólo empresarial bastante importante.

Esta dispersão de empresas pelo território de forma muito uniforme foi incentivada e cultivada como importante pelo Governo, sendo que foi necessário desenvolver uma moderna estrutura de transportes, um sistema ferroviário extenso e de alta qualidade e ainda uma rede alargada de aeroportos.

A maior parte das empresas que constitui o tecido empresarial do país são PME’s. O Governo apostou fortemente nos incentivos às mesmas, uma vez que percebeu o forte impacto que teriam nos aspetos sócio-económicos do país. Este fenómeno forneceu ao país uma taxa de desemprego muito reduzida, não ultrapassando os 7%.

Atualmente a maior parte da mão de obra existente na Alemanha é qualificada, quer esta seja nativa ou não; apresentam também elevados níveis de produtividade e rentabilidade, elevando assim a qualidade e desempenho das empresas alemãs.

Tem sido visível a aposta constante em feiras e exposições internacionais, atraindo assim muitos investidores e muitas empresas, que podem divulgar os seus produtos. O país tem-se tornado um importante catalizador de novas oportunidades, proporcionando desempenhos importantes no mundo económico global.

ContactoPretende importar ou exportar para este país?

Peça-me mais informações!